sábado, 29 de dezembro de 2012

Amor de irmã

"Amor é ter aquele medo de uma certeza, que não aconteça, que não venha. Mesmo sabendo que estará lá a hora combinada a porta da mesma casa de sempre, dia após dia, ano após ano. É fazer uma confissão tão inocente e verdadeira, que ainda hoje é verdade, apesar daquilo que és, e significas para mim. É ter que explicar e não aceitar uma ausência enorme. Como nunca haveria existido, foi difícil de aceitar. Talvez tudo fosse diferente se o meu desejo fosse comprido, mas não me importo. E devido a essa ausência conseguiste algo fantástico. E eu sou tão orgulhosa de "tu". Amor é aturas-me todos os dias com todas a minhas birras, satisfações, reclamações. Mas ao mesmo tempo teres sempre uma palavra amiga, e um "Larga-me" que eu tanto gosto e já não vivo sem. Um Obrigada e Um Amo-te" (és a mana mais parva do mundo que fique dito.) ♥




CarolinaAlmeida.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários e opiniões são bem vindos! :)